Mopeia: Membro das FADM mata seu Comandante à tiros

A vila de Mopeia na Zambézia, anda agitada desde a noite deste sábado (20), na sequência de um acto bárbaro e criminoso que levou à morte do Comandante do batalhão das Forças Armadas de Defesa de Moçambique(FADM), estacionada naquela região da Zambézia.

As informações que o Diário da Zambézia teve acesso, indicam que o referido soldado (que não temos a identidade), supostamente depois de consumir álcool, isto por volta das 21 horas, foi ao armazém de armamento, arrombou a porta e de lá retirou uma arma do tipo AK47, carregada de munições.

Saiu com intenção de ir acabar com a vida do seu Comandante que se encontrava no interior da residência.

O soldado quando chegou, frisaram ainda as nossas fontes, arrombou a porta com estrondo e logo em seguida, começou a disparar a queima-roupa, tendo baleado o seu superior e depois, colocou-se em fuga com a arma nas mãos, ainda com munições na câmara.

Das mesmas fontes, ficamos a saber que após longas horas nas matas, o soldado rendeu-se e foi recolhido às celas do Comando da Polícia da República de Moçambique.

Até ao momento, não são conhecidas as reais causas que levaram o soldado a abater com 21 balas ao seu Comandante.

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*