Opinião: A dor de um pai*

“Filho é a razão de viver, motivo de felicidade para qualquer pai ou mãe. O desejo de um pai é ver o filho formado, dedicado e bem-comportado e até ficas babado quando alguém vem te dizer…seu filho, sim senhor” – Extraído da letra do Yanick Afroman.

Quero começar assim essa epistola de hoje, cuja a inspiração fui buscar no autor da música e olhei pelo nosso dia a dia, disse por mim, sim senhor, afinal aquelas palavras do rapper angolano, são o nosso quotidiano.

Esta reflexão vem à propósito do julgamento que decorre na famosa Cadeia de Máxima Segurança, vulgo BO onde estão sendo julgados cidadãos moçambicanos que a justiça os acusa de terem sido eles, que criaram o calote das “dividas ocultas” que lesaram o Estado moçambicano e também deixaram o povo moçambicano de rastos.

A dor de um pai como Armando Guebuza e uma mãe como Maria da Luz, em saber que o filho perdeu alguns dotes de educação e foi lhe dito isso perante esse pai tão rígido como sempre se mostrou na governação e uma mãe que só ao falar, sentias um sentimento de uma verdadeira cuidadora.

Como diz o Yanick, “a dor de um pai”, é ouvires pessoas na rua quando tu pai estas a passar e lhe dizem “esse é pai do fulano…Ndambi. Qual Ndambi? O gatuno…” Caramba, penso que ninguém merece essa fama, essas palavras, mas infelizmente e diz Mahel “na barriga de uma mãe, nascem presidentes, ministros, mas também nascem ladrões…”, portanto, não é culpa dos país, mas sim as emoções da vida por vezes fazem com que os filhos tomem caminhos errados.

É aqui onde os pais se perguntam, onde erramos? A resposta é simples. Vocês não eraram, não falharam em nenhum sítio acho eu, porque conforme expliquei, Mahel disse tudo, na sua letra “mamã”.

É preciso ouvir bem o angolano quando diz, a mãe nasce um filho e não o coração, porque as vezes nem é falta de educação ou carinho, tudo isso um filho pode ter, mas por causa de ambições desmedidas, sobretudo quando estão na rua com amizades ou mesmo quando querem uma vida fácil.

Enfim, Ndambi é assim como agradeces o carinho que os seus pais te deram? Que mal eles te fizeram para expô-los desta maneira? Ficou uma lição para todos, porque o Tempo e a Paciência, fazem com que eu Não Fale Nada.  

*Título da letra do Yanick Afroman

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*