Assalto ao BCI: Ninguém sabe quanto dinheiro foi roubado

Cerca de três semanas, após o assalto ao Banco Comercial de Investimento(BCI), agência-sede em Quelimane, ninguém sabe dizer ao certo, quanto dinheiro foi roubado na chamada. Quer dizer, os malfeitores foram a “Casa-Forte”, levaram dinheiro que os montantes são desconhecidos.

A única informação que há no seio dos cidadãos, que por sinal veio através das redes sociais, é da recuperação de cerca de 8 milhões de meticais na cidade de Chimoio e outros 2 milhões em Maputo, tantalizando 10 milhões.

Será este o valor roubado naquele banco? Portanto, os malfeitores entraram no banco, com todos riscos e quiçá com a colaboração de algum pessoal, só para roubar 10 milhões de maticais?

São perguntas como estas que cidadãos fazem em conversas de café, restaurantes, etc, porque a informação real continua omissa.

Entretanto, o Diário da Zambézia tentou ouvir várias fontes posicionadas no Serviço Nacional de Investigação Criminal na Zambézia(SERNIC), mas também dizem não saber qual é o valor exacto que foi roubado. Aliás, a nossas fontes foram mais longe ao afirmar por exemplo que, nos autos, o banco não consegue explicar ao certo quanto dinheiro terá sido roubado naquela tarde de quinta-feira.

No seio do banco, como se sabe, há silêncio absoluto. Como se sabe, os colaboradores dos bancos são instruídos de manter o sigilo, visto que falar da situação financeira dos clientes, carece de autorização. Mas, mesmo assim, as mesmas perguntas que os cidadãos comuns fazem no seu dia a dia, são feitas por alguns colaboradores que estiveram longe da operação. Sem dar a cara, muitos deles querem saber quanto dinheiro foi roubado, mas também não tem resposta.

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*