Covid-19/Zambézia: Semi-colectivos violam medidas de prevenção

Desde a eclosão da terceira vaga do novo coronavírus(delta) no país, os transportadores semi-colectivos de passageiros, na província da Zambézia, principalmente os famosos “baza-bazas” que estão sob olhar da direcção provincial dos Transportes e Comunicações, tem ignorado as medidas de contenção da doença pandémica, como a desinfeção dos autocarros, medição da temperatura, etc e os passageiros embarcam e desembarcam sem que nada estivesse a acontecer.

Para pior, a lotação que se exige neste período de pandemia, também não é respeitado, havendo excesso de passageiros e como a ideia é transportar, então a vida continua.

Ler mais na versão pdf, mediante subscrição.

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*