Morrumbala-Mutarara: Avaria do batelão expõe utentes ao perigo

gestão do batelão da travessia Morrumbala-Mutarara, decidiram paralisar a actividade de transporte de pessoas e bens, por um período de 10 dias a partir desta segunda-feira (12) para efeitos de manutenção daquele batelão.

Um documento em poder do Diário da Zambézia, explica que as constantes avarias que o batelão tem vindo a registar, foi o principal motivo para esta interrupção, fazendo assim com que os utentes façam a travessia à risco próprio.

As avarias daquele meio, não só têm afectado os habitantes, mas também tem influenciado negativamente na actividade comercial entre as duas províncias (Zambézia e Tete).  Enquanto o batelão vai à manutenção, a travessia vai sendo feita através de “barquinhos”, já que a sobrevivência de muitos depende das deslocações de um ponto para outro. Sabe-se que o distrito de Mutarara depende do distrito de Morrumbala em muitas áreas de negócio.

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*