Decreto de EE em Namacurra: População acusa polícia de ter morto um vendedor

Na manhã deste sábado (26), a população da vila sede de Namacurra na Zambézia, acordou enfurecida e amotinou-se no Comando da Polícia da República de Moçambique naquele distrito, alegadamente para exigir justiça face a morte de um menino de 14 anos de idade, supostamente protagonizada pela polícia na noite anterior, no bairro Macucunha.

Sabe o Diário da Zambézia que, o referido menino era um vendedor de bolachas e por volta das 20 horas, contam algumas pessoas, a polícia chegou ao mercado e supostamente interpelou na vítima e, neste acto, terão alegadamente “coronhado” com arma de fogo até o rapaz perder a vida. Depois do sucedido, o jovem foi evacuado ao hospital na viatura da polícia como “bons samaritanos”, mas já estava como óbito.

Assunto que o DZ vai seguir atentamente nas próximas horas.

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*