Opinião: Contar com ovo no c*** da galinha

“Há muito barrulho, mas muito barulho mesmo e muita poeira”– Armando Emílio Guebuza, antigo presidente da república.

A indicação de administradores está mesmo a lembrar esta frase do antigo presidente de Moçambique, porque não há grupo de redes sociais que não fale deste assunto.

Durante muito tempo, imbuídos pelo espirito partidário, havia gente que dizia “desta vez, não falha nada”, ou seja, conforme os lobbies já feitos.

Como diz o deputado meu chará lá no parlamento “wooooo…”, alguns não apanharam nada. Contavam com ovo no c*** da galinha.

É mesmo interessante este assunto que até semeou inimizades e fez alianças entre aqueles que em pouco tempo não participam em cerimónias de Estado ao mesmo tempo. Coisas de poder…hoje zangamo-nos porque os interesses não foram comuns, mas, amanhã acertamos tudo e estamos numa wela.

Assim vai e é a vida. Uns tristes e outros alegres, só resta saber se a fasquia dos que estão tristes não é a maior, porque pode ser perigoso ter gente que convive connosco a chorar no coração e aqui fora a partilhar prato na mesma mesa.

Sei que há pessoas que evitam falar do assunto, mas enquanto está a lhes a roer muito, mas muito mesmo.

A pior coisa é ser dada esperança para depois veres alguém que nunca sequer pisou os seus calcanhares passar por cima de ti. Hahahahaha, está a doer muito…coração não aguenta.

Mas é preciso ter coragem, isto é assim mesmo. Os meus amigos que são jovens que ainda tem energia para fazer coisas úteis, quer dizer, que tem energias para trabalhar, avancem, esqueçam essa coisa de poder agora, porque foram escolhidos se calhar os melhores no meio dos bons (malta vocês). Não perguntem de onde vem, porque são todos moçambicanos, afinal este país é uno e indivisível, fazendo fé ao que sempre falamos.

Vamos trabalhar, como dizem ai na gíria “o animal” já foi dividido entre às partes, quem apanhou, apanhou e mais nada. Aguentem mais um pouco, au acho que haverá alguma mexida e ai sim. Mas enquanto isso, vamos ter Tempo e Paciência, Não falei Nada.

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*