O sofrimento de Ivagalane deve envergonhar a todos zambezianos

O assunto não é novo, aliás o clamor da população que vive por ali também não é novo. Todos sabemos que a vida se tornou mais difícil para aquela gente, para os professores, alunos, etc que tem Ivagalane como seu ponto de chegada ou de partida.

Os deputados, magistrados, oficiais da justiça, até aqueles que haviam definido um câmbio à revelia, também sabem que não é fácil iluminar Ivagalane naquelas condições em que a ponte se encontra. Portanto, não pode ser novidade e agora vamos partilhar vídeos relatando o sofrimento dos nossos irmãos que tem interesses naquela zona, mas duvido que mude em alguma coisa.

Nós os zambezianos perdemos muito tempo com coisas alheias, quando estamos no poder. Resolvemos mais o que não nos beneficia, se calhar em troca de mais benesses do que cumprir a nossa verdadeira missão que é de servir o cidadão.

É por causa destes interesses que durantes estes anos, assistimos a ponte de Ivagalane a ruir aos poucos e nós aqui, preocupados em comprar hotéis podres para acomodar médicos (não disse que é mau dar melhor acomodação), mas os valores aplicados fazem levantar os cabelos. Se calhar com aquele dinheiro poderíamos também fazer alguma coisa para minimizar os danos da ponte.

Mais ainda, enterramos dinheiro, cerca de 350 milhões de meticais só por causa de uma fundação de obra que hoje, nem sequer levantou uma fiada de blocos.

Gastamos sim dinheiro na compra de viaturas de luxo, algumas delas que depois de alguns anos desviamos para o uso pessoal. Gastamos dinheiro naquele tempo com as famosas viaturas de alineação, esquecendo que lá em Ivagalane, há pessoas que não conseguem vir a cidade. Gastamos dinheiro para erguer edifício como aquele que está ali próximo a FAE, que já vão mais de 10 anos que não termina e muda de empreitada em empreitada, isso porque os nossos interesses pessoais superam os colectivos. E como dizia Samora “o nosso Estado está se a transformar num refúgio de inúteis…O nosso aparelho do Estado está doente, precisa de tratamento” – fim de citação.

Claramente, por isso que ninguém se lembra de Ivagalane quando está no poder, os dirigentes à todos níveis só sabem partilhar os vídeos que relatam o sofrimento ao invés de agir.

A maior culpa é de todos zambezianos que nunca se importaram com aquele assunto desde que tudo começou. Hoje, as soluções ficaram mais longe e pior com a cena da Covid-19 que até tapou a nossa planificação, todos dizem que não há verbas para isso. Triste, não sei se o Tempo e Paciência vão conseguir curar a dor que sinto. Prontos…Não Falei Nada.

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*