A propósito do dia 12 de Maio: Enfermeiros também querem salários justos

A classe de enfermagem na Zambézia, clama por melhores condições de trabalho para continuarem a atender com humanismo os seus pacientes, sobretudo a melhoria de salários.

O pedido foi expresso na última sexta-feira (07), na saudação a Secretária de Estado nesta parcela do país, Judith Mussácula por ocasião da semana do enfermeiro.

Os enfermeiros “gabam-se” e dizem que são eles que estão sempre na linha da frente em tudo o que é assistência médica, dai que também exigem melhor valorização.

Aliás, lembraram eles que nessa altura em que o mundo se debate com a pandemia da Covid-19, são eles que não tem vergado, não menosprezando claro outras classes profissionais.

Na mensagem apresentada, a Ordem dos Enfermeiros na Zambézia revela que o enfermeiro tem um papel crucial que é de salvar vidas, por isso há necessidade de se criar condições nas unidades sanitárias que favoreçam a qualidade no atendimento hospitalar. “Por favor, não nos abandonem, escutem nossos pedidos de socorro, porque o enfermeiro é que cuida da sociedade” – imploraram. 

Ler mais na versão pdf, mediante subscrição.

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*