Dia do Jornalista: Pio e Mussácula com mensagem de encorajamento

A Secretária de Estado na província da Zambézia, diz que é preciso que os jornalistas salvaguardem a liberdade de imprensa consagrada na Constituição da República através da transmissão de informação com ética, verdade e de uma forma pedagógica para o cidadão. Factores que vão ditar para uma sociedade informada sobre as doenças endémicas incluindo a Covid-19 bem como as mensagens de paz em Moçambique.

Numa mensagem por ocasião do Dia do Jornalista, comemorado ontem no país, Judith Mussácula disse que só agindo desse modo é que os profissionais da comunicação social estarão a contribuir de forma positiva para o desenvolvimento político, económico e sociocultural do país.

Por outro lado, Pio Matos Governador da província da Zambézia, reconheceu os esforços que a classe jornalística tem tido na província para divulgar as potencialidades, dai que, conforme a mensagem que recebemos do Conselho Executivo Provincial, os jornalistas devem pautar pela imparcialidade, transparência, investigação e uma comunicação que flui para o bem do cidadão.

Refira-se que este ano, o lema escolhido para as efemérides foi “Rigor e profissionalismo: Desafios do Jornalismo contemporâneo”.  

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*