Final de semana sangrento: No mar e na terra morreu-se

A Polícia da República de Moçambique na Zambézia, está no encalço de um automobilista que supostamente envolveu-se em acidente de viação que resultou na morte de duas pessoas, no último final de semana, por sinal uma mãe e filho de 02 anos de idade. 

Segundo Sidner Lonzo, porta-voz da corporação nesta parcela do país, foi um acidente do tipo atropelamento carro/peão, aliado ao acesso de velocidade que culminou com a morte desta família.

Feito isso, de acordo ainda com Lonzo, o motorista não teve a compaixão de socorrer as vítimas, tendo se posto em fuga. As autoridades policiais dizem que já tem característica da viatura, estando neste momento à procura do fulano responsável por aquele acidente no sentido de responder os seus actos na barra do tribunal.

Sabe o Diário da Zambézia que, este é o segundo caso de acidente de viação registado este ano que resulta em morte e os automobilistas abandonam as vítimas do sinistro, sendo que outro ocorreu no princípio de Fevereiro também no distrito de Namacurra.

Naufrágio também matou

Ainda durante o fim-de-semana, a PRM na Zambézia registou dois casos de naufrágios que resultaram na morte de duas pessoas. Segundo o porta-voz, o primeiro acidente marítimo foi registado no rio Chipaca em Quelimane e outro no distrito de Namacurra. Entretanto, o acesso de carga é apontado como principal causa dos sinistros.

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*