Expo Dubai-2021: Empresários da Zambézia querem tudo mahala

A Câmara de Comércio e Indústria de Dubai, vai realizar em finais do presente ano um evento para promover investimentos de negócios e como Moçambique está convidado para fazer parte, eis que começou a auscultação dos agentes económicos nacionais para dar a sua contribuição e posteriormente candidatar-se. Entretanto, empresários zambezianos querem melhorias na logística financeira durante a viagem para que possam participar no evento sem obstáculos.

O evento que vai ter lugar em Dubai a partir do dia 01 de Outubro de 2021 até finais de Março de 2022, enquadra-se nos reforços dos laços económicos bilaterais entre Moçambique e os Emirados Árabes Unidos visando aumentar a confiança dos investidores em sectores de elevado potencial do nosso país, como a agricultura, a geração de energia, o turismo, transportes e infraestruturas.

Num seminário havido esta quinta-feira (25) em Quelimane com agentes económicos da Zambézia, Abdulla Momade director da Câmara de Comércio e Indústria de Dubai em Moçambique, em representação dos agentes económicos deste país, explicou que Dubai terá um papel fundamental no apoio à expansão dos negócios na Zambézia, bem como na promoção de parcerias locais com o Oriente Médio e Sudeste Asiático através de Dubai.

Aquele representante da Câmara de Comércio e Indústria de Dubai, pediu para que os agentes econômicos não façam organização individual, mas sim que seja em conjunto para facilitar os arranjos no local onde vai acontecer o evento.

Apesar de ser mais valia empresários querem boa logística

Para os empresários zambezianos, a ideia é aplaudida, mas com um, entretanto, tudo porque não ficou claro qual será a logística. Chaual Naparia, presidente do Conselho Empresarial da Zambézia(CEP), arrolou uma lista de dificuldades que tem encontrado quando alguém sai para um país que não conhece sem no mínimo ter uma boa logística para o efeito, como aconteceu nas vezes passadas. Aliás, caso isso seja concretizado, Zambézia vai se representar com 10 agentes económicos. 

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*