Gestão financeira das autarquias: Gurué resiste ao E-SISTAFE

O Governo Moçambicano pretende melhorar a gestão autárquica no país, implementando ferramentas que permitam o melhor uso dos fundos locais e também, alocados pelo Estado.

É a partir daqui que duas autarquias da Zambézia (Mocuba e Gurué) foram inclusas no novo pacote denominado e-SISTAFE-Autárquico.

Sabe o Diário da Zambézia, que em Dezembro último, os técnicos destas duas autarquias pilotos foram envolvidos numa formação para o uso correcto desta plataforma de execução de despesas no Estado.

Mocuba, aceitou o desafio no sentido de melhorar a sua gestão de fundos, apesar de andar em maré baixa no que tange a colecta de receitas e consequentemente o pagamento de salários.

Na outra margem, segundo informações em nosso poder, a autarquia de Gurué sob gestão de José Aniceto não aceitou que o e-SISTAFE-Autárquico fosse usado no seu município.

Ler mais na versão pdf, mediante subscrição.

1 Comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*