Crise salarial abala Assembleia Provincial da Zambézia

Há sensivelmente dois meses que os membros da Assembleia Provincial da Zambézia, vivem à sua sorte. Tudo porque esta quarta-feira(3) não haviam sido pagos os retroactivos da nova tabela de suplementos e muito menos subsídios da senha de presença, bem como  de transporte durante as deslocações nas últimas 4 Sessões Ordinárias, realizadas em Quelimane. Entretanto, o presidente do órgão confirma e diz que o problema tem a ver com questões organizacionais.

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*