Governo de Pio e da Mussácula visto à lupa

A cada ano, e claro que já é marca, o Diário da Zambézia define critérios redactoriais para fazer avaliação de desempenho do governo desta província, em que cada membro(director provincial) é avaliado pelas suas realizações no sector e há uma pontuação que lhe é atribuída de 0-10 valores.

Desta vez, num contexto da descentralização em que temos dois órgãos de governação na província, não fugimos à regra.

Nesta edição vamos de forma minuciosa olhar o desempenho de cada um dos directores provinciais do Conselho Executivo Provincial, onde o timoneiro é o governador e depois, também olharemos como se comportaram os membros do Conselho dos Serviços Provinciais de Representação do Estado sob comando da Secretária do Estado.

Veja em EXCLUSIVO, nas edições em pdf, o desempenho de cada director, um a um

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*