Supostos deslocados de Cabo Delgado em Chinde, mas pairam dúvidas

O governo de Chinde, sul da Zambézia está investigar dois homens que entraram naquela vila, idos de Cabo Delgado, concretamente na zona de Palma onde se registam casos de terrorismo alegando que são refugiados.

Os dois homens, atravessaram quilómetros e milhas até chegar a Chinde, acompanhados por seu amigo.

Chegados a Chinde, os dois que por sinal falam a língua de Cabo Delgado, explicaram as autoridades que foi graças a um familiar(pescador) que lhes disse para lá irem(Chinde), alegadamente por ser uma zona calma e tranquila.  Recebidos em Chinde, os supostos deslocados traziam consigo um valor no montante de 12 mil meticais. Questionados sobre a proveniência do referido valor, as explicações não foi convincentes, mas mesmo assim, o governo local acolheu e deu apoio.

Ler mais na versão pdf, mediante subscrição

3 Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*