Corrupção em Inhassunge: MP acusa ex-director de Educação

O Ministério Público(MP), através da Procuradoria Provincial da Zambézia(PPZ), veio ao público nesta quinta-feira(24), explicar que no distrito de Inhassunge, 04 funcionários do sector de Educação são acusados no desvio de mais de 700 mil meticais do erário público naquela região de sul da Zambézia.

O porta-voz da Procuradoria Provincial da Zambézia, Domingos Julai disse em conferência de imprensa que o cabecilha deste desfalque é o antigo director do sector, Gabriel Pedro Vasco(GAPEVA) e na companhia do Pedro, explicou Julai existem mais 03 funcionários e todos estão presos, enquanto o processo corre os seus trâmites. Todos, são acusados por crimes de peculato, abuso de cargo ou função, culminando no crime de corrupção.

Refira-se que em menos de 24 horas, há dois casos oficialmente conhecidos em que funcionários públicos são acusados no desvio de dinheiro.

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*