Malária não dá tréguas: óbitos aumentam a cada ano

Feeding mosquito with human blood

A malária continua sendo uma grande dor de cabeça para as autoridades sanitárias na província central da Zambézia, por sinal a segunda mais populosa do país, de acordo com os dados oficiais do Censo-2017.

Só para exemplificar, dados em poder do Diário da Zambézia, partilhados pela direcção provincial de Saúde nesta parcela do país, mostram aumento de casos desta doença que tem como principal vector, o mosquito.  Neste momento, de acordo com os mesmo dados, em 2019, a província registou 1.019.266 casos, só no 1o semestre de 2020, contra 901.014 casos em igual período de 2019.

Ler mais em versão pdf, mediante subscrição

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*