Corrupção no CAQ: mais funcionários na mira

A detenção há três semanas do ex-vereador de Saneamento, Hélder Uajonda,  acusado de corrupção no âmbito do processo 76/2020, aberto pelo Ministério Público, através da Procuradoria Provincial da Zambézia, pode arrastar mais funcionários da autarquia para o lado do Uajonda. Em EXCLUSIVO, o Diário da Zambézia sabe que, na semana finda, mais 03 funcionários foram notificados para prestarem declarações junto do MP, porque pesam sobre eles, alguns indícios ligados ao mesmo caso.

Ler mais em versão pdf, mediante subscrição

6 Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*