EE: polícia escolhe vítimas nas actuações

O cumprimento do Estado de Emergência no país é de carácter obrigatório, de acordo com o Decreto Presidencial. Tudo visa a não propagação e contaminação massiva da pandemia da Covid-19, que pelo menos na província da Zambézia já fez um óbito em 38 casos positivos.

Na última comunicação do presidente da República, Filipe Nyusi, ficou um apelo vigoroso às Forças de Defesa e Segurança para manter ordem. Nisto, ao que de pode notar é que a polícia tem sido selectiva nas suas actuações, o que levanta muitos questionamentos.

Ler mais na versão pdf, mediante subscrição

1 Comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*