Polícia baleia vendedeira no mercado de Macuse

Um cidadã que por sinal praticava actividades de venda informal no Posto Administrativo de Macuse,  distrito de Namacurra na Zambézia, sofreu ferimentos no braço, resultado de disparos que a Polícia da República de Moçambique efectou na terça-feira, com intuito de dispersar os vendedores no âmbito de cumprimento do Estado de Emergência em vigor no país, face a COVID-19.

A vítima teve uma bala alojada no braço veio transferida do Hospital de Namacurra e só viu o projéctil foi removido no dia seguinte, quarta-feira, no Hospital Central de Quelimane e já teve alta.

Ler mais na versão pdf, mediante subscrição

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*