Uma morte, muitas interpretações e um resultado: Coração dilatado

A teoria de homicídio que levou a morte de uma jovem de 26 anos, na semana passada em Mocuba, que nesta segunda-feira completou sete dias de eterna saudade, pode ter caído em terra, conforme dados EXCLUSIVOS que o Diário da Zambézia obteve, através de um laudo médico, resultado da autopsia feita no Hospital Central de Quelimane(HCQ).

Os resultados da autopsia, podem(até aqui), ilibar o suposto namorado que era tido como homicida, mesmo depois de várias facetas terem condenado o rapaz na praça pública, mas ele mantinha a tese perante às autoridades, não ter feito mal a sua namorada.

Ler mais na versão pdf, mediante subscrição

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*