Estamos cada vez mais apertados com a COVID-19

Ponto final. A Zambézia está mesmo na linha vermelha, olhando pelos últimos dados partilhados pelo Ministério de Saúde, onde as províncias de Sofala, Manica e Tete já registaram casos de COVID-19, a Zambézia não é uma ilha. Diga-se e mesmo não sendo vidente, não faltará muito para ouvirmos que há um caso por aqui. Mas o grande culpado seremos nós como cidadãos, que ignoramos e como as medidas que todos dias são anunciadas. Sobretudo aqueles cidadãos que se esperava alguma coisa, olhando pelo seu nível de escolaridade, posição social, etc, mas diga-se, são estes que infelizmente e com muita dor, fazem o contrário.

A província da Zambézia está vulnerável porque, mesmo aqui próximo, neste caso em Milange onde a Zambézia faz fronteira com Malawi, este país vizinho já regista casos e com óbitos.

Quando viramos um bocadinho, encontramos a nossa linha de fronteira com a província de Sofala, que também é uma província que consta da lista dos que tem casos. Então, não vale a pena fazermo-nos de espertos ou sei lá(não estou a rezar que haja), mas melhor sermos honestos.

Companheiros, vamos mudar de atitudes. Há jovens ainda que fecham-se em barracas, apagam às luzes e ficam horas à fio a consumirem álcool. Há também, infelizmente, barracas de alguns que deveriam fazer cumprir a Lei, mas que são os violadores.

Isto tudo vai um dia reflectir nas nossas vidas. Digo nossas porque, quando registarmos algum caso, o problema não será apenas para uma pessoa, ou seja, aquele que contraiu o vírus, mas para todos que estão ou não a sua volta.

Este principio de que só acredito vendo, vai matar muita gente. Portanto, eles não acreditam no que veem nos órgãos de informação ou plataformas sociais. Uns até dizem que “aquilo é bolada”, portanto, não existe para ele o tal coronavírus. Lamentável nem…mas no dia que acontecer aqui na banda, acredito eu que terão outros pronunciamentos.

 Na semana finda, o Presidente da República veio ao público mostrar seu desagrado face ao comportamento das pessoas. Com o andar da carruagem, podemos ter mais uns dias, até o final do mês, a sermos assim, virá alguma “bacela” do nível 3. Vai ser por culpa nossa, nossa sim todos. Porque alguns destes fulanos, são nossos irmãos, maridos, primos, filhos, etc que saem mesmo sem necessidade. E nós, ficamos calado olhando sem lhes dizer nada. Não sabemos onde eles andam e com quem. Depois regressam a casa sem se quer cumprir medidas de prevenção.

Enfim…precisamos algumas vezes de chamboco para travar alguns ânimos. Não falei nada.

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*