Fuga de reclusos no Ile: Guardas Prisionais tem dedo na acção

Cerca de 15 reclusos dos 47 que estavam encarcerados na Cadeia Distrital no distrito do Ile na Zambézia, evadiram-se nas celas na noite do último sábado.

Para lograrem os seus intentos, os mesmos arrombaram uma janela da cela feminina e saíram sem que ninguém supostamente os visse.

O Diário da Zambézia sabe que os reclusos encarcerados na Cadeia do Ile, alguns são dos distritos de Namarrói e Mulevala que não possui Penitenciárias.

Entrevistado pela Rádio Moçambique, o Vice-ministro da Justiça, Filimão Suaze, de visita à província da Zambézia, escalou aquele ponto da província e constatou que esta evasão pode ter um mão dos guardas em serviço, dai que, garantiu Suaze, ações de responsabilização vão ser acionados contra os envolvidos. Disse também que um pouco pelo país, há uma fragilidade nas Penitenciárias, mas isso não deve dar azo para pratica de fuga de reclusos.

Entretanto, fontes governamentais naquele distrito, garantem que há uma ação no terreno para recaptura dos foragidos.

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*