Petersburgo e os “seus” números de emprego

A discussão ainda vai levar muito tempo. Aliás, o quinquénio só está começar. Filipe Nyusi, Presidente deste país vai ter de aguentar a pressão do povo que diz ter todos no coração, porque afinal, estamos em 2020 e não 1962 em que havia apenas um grupo de pessoas privilegiada que partilhava números de acordo com a sua vontade.

Depois do Chefe do Estado ter apresentado números de empregos conseguidos em apenas 100 dias, cerca de 48 mil empregos, que estão a criar muito debate, nesta terça-feira, o Secretário do Estado para Juventude e Emprego, Oswaldo Petersburgo, chamou à imprensa para explicar a fonte dos números que o PR apresentou na sua comunicação á nação. Petersburgo apontou o INEFP e o INSS como sendo as maiores fontes que o governo usou para trazer estes números.

Ler mais na versão PDF, mediante subscrição

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*