Gurúè: Um paraíso abandonado

Era chamada Vila Junqueiro nos período colonial, mas com a elevação à categoria de Cidade, hoje chama-se Gurúè.

São cerca de 350km de estrada, entre curvas e contracurvas até chegar a cordilheira do Namuli. Quem vai a Gurúè pela primeira vez, sai com uma sensação de que estava num paraíso da terra, mas “sem ninguém”.

Gurúè tem tudo o que a natureza proporcionou. As plantações de chá, dão outra beleza a cidade que ao acordar, aquela cacimba em jeito de fumaça pelas montanhas, faz ganhar uma disposição.

Ler mais na versão PDF, mediante subscrição

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*