Carnaval: Da tradição à modernidade

Passem anos, há uma coisa que Quelimane não deixa ficar de lado. Mesmo com os tempos modernos, há sempre um requinte à moda antiga.

Estamos a falar do Carnaval, essa festa secular que há cada ano que passa, vai entrando na modernidade, buscando novo tipo de samba, enfim…mas está lá sempre a vibração a admiração do mundo inteiro, apesar de ano para ano, a organização estar longe do desejado.

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*